Digital News Report: Confiança elevada nas notícias convive com preocupação face aos conteúdos falsos

Portugal continua a destacar-se na questão da confiança estruturalmente elevada face às notícias (57,8%), não só em relação a outros países do Sul da Europa como Grécia (19%), Espanha (33%) ou Itália (34%), mas também de países da Europa central como França (30%) ou Alemanha (43%), revela o “Digital News Report 2023”, publicado pela Obercom, parceiro no projeto IBERIFIER.

Apesar dos índices estruturalmente elevados de confiança em notícias, são os portugueses mais velhos que tendem a confiar mais em notícias. Na perceção sobre o que é real e falso online, um indicador que nos permite indiretamente avaliar a percepção dos portugueses sobre a desinformação e os fenómenos desinformativos, em 2023 cerca de 7 em cada 10 portugueses dizem estar preocupados com o que é real e falso na Internet, uma proporção semelhante à identificada em 2022.

De salientar, que os portugueses que confiam em notícias estão mais preocupados com o que é real e falso na Internet do que os que não confiam em notícias. No que se refere a meios de contacto, a televisão continua a ser principal fonte de notícias, embora esteja em queda em Portugal. A televisão continua a ser usada para acesso a notícias por 67,6% dos portugueses e por 51,0% como principal fonte de notícias, ou seja, face a 2022, registam-se em 2023 quebras de utilização da TV na ordem dos 6,4 pp. enquanto forma de acesso e de 2,6 pp. como principal forma de acesso. Relatório disponível aqui: https://obercom.pt/digital-news-report-portugal-2023/

Otros artículos

Bruxelas: Importância da formação para jornalistas e preparação dos jovens para a cidadania digital

Vitor Tomé, especialista em literacia para os média, membro da equipa de investigadores do IBERIFIER, participou na Semana Europeia da Juventude, que decorreu entre 12 e 19 de abril, no Parlamento Europeu, em Bruxelas....

Eleições em Portugal: MediaLab detecta anúncios políticos pagos por empresas estrangeiras em Portugal

Os investigadores do laboratório de média, MediaLab, do ISCTE - IUL, coordenados por Gustavo Cardoso, também responsável pelo IBERIFIER em Portugal, descobriram sinais de interferência externa na comunicação relacionada com a campanha política, que...

Conferência em Bruxelas: Formação em literacia nas universidades está no começo

No encontro de especialistas em Literacia para os Média, "Media literacy matters" https://www.mediawijs.be/en/medialiteracymatters, que decorreu em Bruxelas, de 27 de fevereiro a 1 de março, debateu-se, entre outros temas, o papel das iniciativas que...

Iberifier asesora al Congreso de los Diputados con evidencia científica sobre desinformación

La Oficina C, Oficina de Ciencia y Tecnología del Congreso de los Diputados en España, ha publicado recientemente un informe sobre Desinformación en la era digital. Este documento reúne evidencia científica en torno a...

IBERIFIER presenta los resultados de tres años de investigación sobre desinformación y medios digitales

El observatorio IBERIFIER, coordinado desde la Universidad de Navarra, ha compartido recientemente en la Asociación de la Prensa de Madrid (APM) el progreso de su investigación sobre la propagación de la desinformación en medios...