Primeira etapa: definir média informativo

Mapear o ecossistema mediático ibérico é um dos objetivos do Observatório Iberifier, disse Vítor Tomé, um dos coordenadores do projeto, durante a sessão do Fórum Pesquisas do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, CIES, que decorreu a 28 de janeiro, em Lisboa. “É fundamental sabermos os média que temos”, sublinhou.

O retrato apoia-se num conjunto de categorias: meios digitais informativos ou da área da comunicação, exposição na oferta web. Em Espanha, já se fez um primeiro levantamento sobre os média digitais existentes. Medios nativos digitales en España. Caracterización y tendencias – Comunicación Social Ediciones y Publicaciones (comunicacionsocial.es).

Outro dos eixos estruturais do Iberifier consiste na formação em literacia mediática destinada a professores, formadores e jornalistas. Mas o projeto não se foca exclusivamente na deteção da desinformação, propõe-se desmontar o fenómeno e contribuir para a formação de cidadãos ativos.

Está prevista a criação de manuais específicos para os públicos alvo e a elaboração de relatórios estratégicos sobre as ameaças colocadas pela desinformação.

Otros artículos

Iberifier asesora al Congreso de los Diputados con evidencia científica sobre desinformación

La Oficina C, Oficina de Ciencia y Tecnología del Congreso de los Diputados en España, ha publicado recientemente un informe sobre Desinformación en la era digital. Este documento reúne evidencia científica en torno a...

Congresso dos Jornalistas: “A desinformação triunfa quando consegue que as pessoas duvidem de tudo”, diz Ramón Salaverría

O coordenador principal do projeto IBERIFIER, Ramón Salaverría, declarou no painel dedicado à literacia que integrou o V Congresso dos Jornalistas, que decorreu em Lisboa de 18 a 21 de janeiro, que o jornalismo...

Investigador IBERIFIER: Miguel Crespo é o novo director do Cenjor, escola de referência para jornalistas

O investigador do IBERIFIER Miguel Crespo é o novo director do Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas, Cenjor. Miguel Crespo é professor no ISCTE - IUL, Instituto Universitário de Lisboa, especialista em novos...

Relatório sobre tendências de média: o desafio da diferenciar o jornalismo de outros conteúdos

O documento sobre "as tendências e inovação dos média no ecossistema português e espanhol", produzido pelo IBERIFIER e publicado no dia 10 de janeiro, aponta, além de tendências, alguns desafios à atividade jornalística. Um...

Novo relatório IBERIFIER: IA, verificação de factos e formatos visuais entre as tendências de média para os próximos anos

O primeiro relatório deste ano do Observatório Ibérico de Média Digitais e da Desinformação, IBERIFIER, é sobre o tema das novas tendências de média para 2025/2030. Entre as conclusões do documento "Análise de tendências...