Musk quer entrar no campo de futebol da democracia

A aquisição do Twitter por Elon Musk suscita questões e receios. “Elon Musk compra o campo de futebol onde a democracia se joga”, declarou Gustavo Cardoso, professor do ISCTE, dia 27 de abril, ao podcast “Explicador”, do Observador. O que significa que independentemente da manutenção das dinâmicas e da relativa independência, o Twitter passa a estar sob alçada de um proprietário.

Gustavo Cardoso alerta: hoje em dia não é só o jornalismo que usa esta mediação, são os políticos e os milhões de portugueses que a escolhem e também todos aqueles que gostavam de ser comentadores e jornalistas em Portugal. O Twitter é “um espaço onde a política está e onde a democracia também se constrói”. Os políticos escrevem no Twitter, os jornalistas vão buscar essas declarações ao Twitter, e escrever sobre elas, para depois serem comentadas através do mesmo Twitter.

Elon Musk está a tirar partido do “Capitalismo comunicacional”, que valoriza tudo o que se diz, ou seja, sabe ganhar dinheiro com o que se diz. Elon Musk fala e esses produtos são valorizados ainda que indiretamente, e tornam-se êxitos comerciais.

Rita Figueiras, professora da Universidade de Católica, outras das intervenientes no programa, lembra que esta questão traduz dois pontos de vista sobre o que se pretende da liberdade de expressão: restituí-la ou limitar essa liberdade de expressão. Uma das vantagens desta compra é precisamente esta nova discussão à volta da liberdade de expressão e do que deve ser a moderação.

Otros artículos

Debate na Associação Académica sobre como se deve desmascarar a desinformação

O curso "Literacia digital em ação contra a desinfomedia", promovido pelo projeto IBERIFIER; que juntou jornalistas da Rádio Universidade de Coimbra, de A Cabra, e outros estudantes universitários envolvidos em projetos de informação, terminou...

Curso para jornalistas em Coimbra: Desconfiar da foto do beijo do presidente

O curso de literacia digital contra a desinformação que decorreu dia 22 junho em Coimbra junto dos jornalistas do Diário de Coimbra começou pela crescente constatação de desconfiança sobre os conteúdos de média, demonstrada...

Digital News Report: Crise Comunicacional, interesse pelas notícias em queda

Gustavo Cardoso explicou na RTP que "vivemos numa crise comunicacional há algum tempo. Não é só uma crise ambiental". O coordenador do Obercom, Observatório de Comunicação, e do IBERIFIER, baseou-se nos dados do "Digital...

Primeiros resultados IBERIFIER: Existem 1248 marcas informativas em Portugal

Uma recolha de dados exaustiva permitiu identificar 1248 meios informativos em Portugal. Este é um dos dados preliminares da pesquisa levada a cabo, desde o início de 2022, pela equipa IBERIFIER portuguesa, que foi...

El Proyecto EFCSN publica los resultados de la Consulta Abierta sobre el Código de Estándares Europeos para verificadores

El proyecto European Fact-Checking Standards Network (EFCSN) ha publicado este 8 de junio un informe que resume los resultados de la Consulta Abierta, llevada a cabo a lo largo del mes de abril, sobre...