Formar professores para atingir os alunos

Miguel Crespo explicou como nasceu e cresceu o projeto “Literacia para os Media e Jornalismo”, desenvolvido por um grupo informal de voluntários, ligado ao Sindicato dos Jornalistas, que tem vindo a preparar jornalistas e académicos para fornecerem formação aos professores. O objetivo é que estes se sintam preparados para desenvolver ações de literacia mediática junto dos alunos nas suas escolas. A intervenção decorreu durante o IV Encontro Ibérico de Comunicação e Jornalismo de Ciência, Scicom, dia 11 de maio, em Ponta Delgada, Açores.

O investigador do CIES-ISCTE apresentou o tema “Formar quem ensina: jornalistas e professores promovem literacia para os media”. O projeto original, refira-se, formou mais de 250 professores através do “workshop” “Literacia, Media e Jornalismo: práticas pedagógicas com os media e acerca dos média”. A relevância e efetividade da iniciativa serviu de base inspiradora ao projeto maior Iberifier, Observatório Ibérico de Média Digitais, que, entre os seus objetivos, desenvolve formações de literacia mediática contra a desinformação.

O encontro ibérico, que resulta de uma parceria entre a Rede SciComPt e a Asociación Española de Comunicación Científica (AEC2), teve como tema principal nesta edição: “Pára, escuta e age: refletir no passado para
construir o futuro”.

A iniciativa Scicom pretende conhecer a realidade dos profissionais comunicação e jornalismo de ciência de ambos os lados da fronteira, seus desafios e soluções aplicadas para a resolução dos problemas.

Otros artículos

Livro: pesquisas sobre os desafios que se colocam ao “podcast” e aos novos negócios

Dois artigos portugueses integram o livro "IWEMB2020, Fourth International Workshop on Entrepreneurship, Electronic and Mobile Business", dedicado aos novos formatos a explorar no jornalismo e comunicação. A coordenação coube a Stephan Bohm e Sig...

Literacia no terreno: jornalistas e professores juntos e jogos com notícias falsas

Vítor Tomé explicou no Webinar "Media Literacy in Practice", que decorreu a 16 de novembro, as particularidades dos projetos de literacia mediática que estão a ser desenvolvidos em Portugal e Espanha. Em Portugal, as...

Cidadãos partem das notícias dos jornalistas mas acrescentam-lhes informação

Os indivíduos não produzem jornalismo no sentido tradicional mas podem acrescentar elementos à informação e ganhar conhecimento acerca da notícia. Esta foi uma das conclusões proferidas por Miguel Crespo, coordenador do projeto IBERIFIER, durante...

Fazer literacia dos média apoiando professores e a partir da participação da comunidade escolar

Os professores começam por oferecer resistência às iniciativas de literacia por causa de duas razões: primeiro, temem que as lições interferiram no programa e no encadeamento das matérias planeadas; segundo, receiam não ter conhecimentos...

Estar informado significa encontrar o que se precisa sobre o que está a acontecer

No século XXI mudou a percepção sobre o "estar informado", começou por explicar Gustavo Cardoso ao programa "45 Graus", conduzido por José Maria Pimentel. No século passado significava estar atento às notícias, mas no...