IBERIFIER no Canadá: Formar professores e jornalistas em literacia para os media

O projeto IBERIFIER e particularmente o trabalho desenvolvido em termos de literacia dos media esteve em foco numa das três comunicações que o investigador Vitor Tomé apresentou na “Global Media Education Summit”, que decorreu na Simon Fraser University, em Vancouver, Canadá, de 2 a 4 de março. A primeira comunicação, em co-autoria com Miguel crespo, teve como título “Tackling disinformation in K-12 through in-service teacher training and journalists’training: preliminary
results from the Iberifier Hub” e esteve centrada na formação de professores e de jornalistas, antes e depois da pandemia COVID-19.
A segunda, em co-autoria com Belinha de Abreu, denominou-se “Building a community-based project starting from a Primary school through Media Literacy and Digital Citizenship Education” e consistiu na apresentação de resultados do projeto “Academia de Cidadania Digital”, desenvolvido em Caneças desde 2015 e que foi financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian entre 2019 e 2022.
A terceira comunicação, de que foram também autores os investigadores georgianos Sophiko Lobzhanidze, Marika Sikharulidze, Giorgi Urchukhishvili (Ilia State University), foi subordinada ao tema “Digital Citizenship Education: perceptions on the concept and self-reported competences of Georgian school society” (na foto). Apresentou os resultados de um projeto de Educação para a Cidadania Digital desenvolvido em escolas da Geórgia entre 2019 e 2022.
Ainda na conferência, o investigador participou no painel “Creating Professional Learning Communities for Media Literacy Education”, sobre a Educação para os media no período póspandemia, com foco na formação de professores e educadores, no qual participaram também Silke Grafe (University of Wuerzburg, Alemanha), Renee Hobbs (University of Rhode Island, EUA) e Yonty Friesem (Columbia College Chicago, EUA).

Otros artículos

El observatorio europeo Iberifier, coordinado por la Universidad de Navarra, inicia en Pamplona su segunda etapa 

Compuesto por 25 entidades de España y Portugal, este centro promovido por la Comisión Europea continuará investigando sobre medios digitales y desinformación  Pamplona, 23 de mayo. El observatorio ibérico de medios digitales Iberifier (www.iberifier.eu), creado...

Relatório IBERIFIER: Verificadores apontam necessidade de formação em IA

O relatório "Necessidades e desafios do 'fact checking" em Portugal e Espanha", lançado esta sexta-feira pelo Observatório Ibérico de Média Digitais, IBERIFIER, apresenta as principais carências e desafios que se colocam na atualidade ao...

IBERIFIER Reports – Needs and challenges for Iberian fact-checkers

This IBERIFER report presents a crucial investigation conducted as part of Work Package 3 within the IBERIFIER project, focusing on fact-checkers in the Iberian Peninsula—their current state, and the training and technological needs that...

Relatório IBERIFIER: Os jovens são os que revelam mais desinteresse pelas notícias

O estudo "Padrões de consumo de desinformação em Portugal e Espanha", realizado pelas equipas IBERIFIER, coordenadas pela Universidade de Navarra, Espanha, e pelo ISCTE - IUL, em Portugal, indica que são as faixas mais...

IBERIFIER Reports – Disinformation consumption patterns in Spain and Portugal

In this report we conduct a systematic analysis of the matters pertaining to the spread and evolution of disinformation in Spain and Portugal, in terms of forms of consumption, platforms, narratives and permanent adaptation...