Validação da informação cresce no modelo “a posterior”, diz Gustavo Cardoso

O responsável pelo IBERIFIER em Portugal, Gustavo Cardoso, assinalou, no programa sobre “fake news”, difundido pela Plataforma ECO, uma mudança no processo de certificação da informação. “Estamos à procura de encontrar instituições que substituam as que validavam a informação ‘a priori’ (no século XX). Hoje a validação da informação é maioritariamente feita ‘a posterior’, seja pelos motores de busca, as próprias redes, os ‘fact checkers’, que estão em construção” , referiu no programa “Combate às ‘fake news’ num contexto de crescimento de informação online”, transmitido dia 20 de dezembro, pela publicação ECO. https://eco.sapo.pt/2023/12/20/a-desinformacao-vai-aumentar-ha-uma-polarizacao-brutal-nas-proximas-eleicoes/?utm_source=e-goi&utm_medium=email

Fernando Esteves, diretor do Polígrafo, plataforma de verificação de informação, e outro dos convidados, considera que se tem assistido, nos últimos anos, a uma revolução no campo da verificação. Considera que os protagonistas políticos perceberam que estão a ser monitorizados e avaliados quando fazem os seus discursos. Ana Rocha Paiva, do departamento da Inovação da Google, põe a tónica no papel de todos na mitificação da informação. Está convencida que só em parceria se pode refrear o fenómeno.

Gustavo Cardoso, professor catedrático do ISCTE – IUL, enquadrou o conceito. Prefere o termo desinformação por captar melhor a complexidade da realidade da informação incorreta, enganosa, manipulada. Não gosta da expressão “fake news”, sublinhou. “As notícias são precisamente o que nos permite comparar o que é autêntico com o que é falso”.

Otros artículos

El observatorio europeo Iberifier, coordinado por la Universidad de Navarra, inicia en Pamplona su segunda etapa 

Compuesto por 25 entidades de España y Portugal, este centro promovido por la Comisión Europea continuará investigando sobre medios digitales y desinformación  Pamplona, 23 de mayo. El observatorio ibérico de medios digitales Iberifier (www.iberifier.eu), creado...

Relatório IBERIFIER: Verificadores apontam necessidade de formação em IA

O relatório "Necessidades e desafios do 'fact checking" em Portugal e Espanha", lançado esta sexta-feira pelo Observatório Ibérico de Média Digitais, IBERIFIER, apresenta as principais carências e desafios que se colocam na atualidade ao...

IBERIFIER Reports – Needs and challenges for Iberian fact-checkers

This IBERIFER report presents a crucial investigation conducted as part of Work Package 3 within the IBERIFIER project, focusing on fact-checkers in the Iberian Peninsula—their current state, and the training and technological needs that...

Relatório IBERIFIER: Os jovens são os que revelam mais desinteresse pelas notícias

O estudo "Padrões de consumo de desinformação em Portugal e Espanha", realizado pelas equipas IBERIFIER, coordenadas pela Universidade de Navarra, Espanha, e pelo ISCTE - IUL, em Portugal, indica que são as faixas mais...

IBERIFIER Reports – Disinformation consumption patterns in Spain and Portugal

In this report we conduct a systematic analysis of the matters pertaining to the spread and evolution of disinformation in Spain and Portugal, in terms of forms of consumption, platforms, narratives and permanent adaptation...